Sindsprev protesta contra decisão do STF

A decisão afronta todas as conquistas sociais alcançadas pelo suor e luta dos trabalhadore

Escrito por: Edmundo Ribeiro da Redação. do Sindsprev/PE. • Publicado em: 31/10/2016 - 14:21 • Última modificação: 31/10/2016 - 14:35 Escrito por: Edmundo Ribeiro da Redação. do Sindsprev/PE. Publicado em: 31/10/2016 - 14:21 Última modificação: 31/10/2016 - 14:35

O Sindsprev-PE protesta contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de cortar o ponto dos servidores públicos que decidirem entrar em greve. Por seis votos a quatro, a Corte estabeleceu que os órgãos públicos podem fazer o corte dos dias parados antes mesmo da Justiça decretar a ilegalidade da greve.

Apesar de garantir que a negociação para a compensação dos dias não trabalhados ainda pode ser feita, a decisão é altamente prejudicial a classe trabalhadora.

Mais uma vez, o Supremo Tribunal Federal se posicionou contra os trabalhadores. A punição tem como objetivo impedir a livre manifestação das categorias e revogar nosso direito constitucional de greve. O STF, que deveria ser o guardião dos direitos dos trabalhadores, está apunhalando aqueles que fazem desse país uma nação forte e enfraquecendo o movimento. 

A decisão afronta todas as conquistas sociais alcançadas pelo suor e luta dos trabalhadores ao longo das décadas e endossa a intenção do governo golpista, que está usando a mídia e a própria justiça, de esfacelar a mobilização dos trabalhadores.

Não podemos nos calar e deixar que tirem nossos direitos. É tempo de reação. Somente com a união de todos poderemos reverter esse quadro danoso. Essa ofensa não vai impedir nossa organização sindical de reagir. Não vamos abrir mão da nossa luta, da nossa história e de nossas conquistas. Precisamos estar firmes pois juntos somos mais fortes.

" Que os meus ideais sejam tanto mais fortes quanto maiores forem os desafios, mesmo que precise transpor obstáculos aparentemente intransponíveis. Porque metade de mim é feita de sonhos e a outra metade é de lutas "

 

Vladimir Maiakóvski

Título: Sindsprev protesta contra decisão do STF, Conteúdo: O Sindsprev-PE protesta contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de cortar o ponto dos servidores públicos que decidirem entrar em greve. Por seis votos a quatro, a Corte estabeleceu que os órgãos públicos podem fazer o corte dos dias parados antes mesmo da Justiça decretar a ilegalidade da greve. Apesar de garantir que a negociação para a compensação dos dias não trabalhados ainda pode ser feita, a decisão é altamente prejudicial a classe trabalhadora. Mais uma vez, o Supremo Tribunal Federal se posicionou contra os trabalhadores. A punição tem como objetivo impedir a livre manifestação das categorias e revogar nosso direito constitucional de greve. O STF, que deveria ser o guardião dos direitos dos trabalhadores, está apunhalando aqueles que fazem desse país uma nação forte e enfraquecendo o movimento.  A decisão afronta todas as conquistas sociais alcançadas pelo suor e luta dos trabalhadores ao longo das décadas e endossa a intenção do governo golpista, que está usando a mídia e a própria justiça, de esfacelar a mobilização dos trabalhadores. Não podemos nos calar e deixar que tirem nossos direitos. É tempo de reação. Somente com a união de todos poderemos reverter esse quadro danoso. Essa ofensa não vai impedir nossa organização sindical de reagir. Não vamos abrir mão da nossa luta, da nossa história e de nossas conquistas. Precisamos estar firmes pois juntos somos mais fortes. Que os meus ideais sejam tanto mais fortes quanto maiores forem os desafios, mesmo que precise transpor obstáculos aparentemente intransponíveis. Porque metade de mim é feita de sonhos e a outra metade é de lutas   Vladimir Maiakóvski



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.