Metroviários mantém Estado de Greve e decide sobre Greve Geral em Assembleia dia 27/06(terça)

Assembleia Geral, dia 27 de junho, às 18 horas na Praça da Greve.

Escrito por: Imprensa Sindmetro-PE • Publicado em: 26/06/2017 - 14:01 Escrito por: Imprensa Sindmetro-PE Publicado em: 26/06/2017 - 14:01

Reunida em Assembleia Geral na última quarta-feira (21), na Estação Central do Recife, a categoria, quanto ao dissidio, decidiu aguardar pela marcação da primeira audiência no TST. Foi mantido o Estado de Greve e marcada nova Assembléia para terça-feira, dia 27 de junho, às 18 horas na Praça da Greve, com objetivo de discutir e deliberar sobre a participação da categoria na Greve Geral do Dia 30 de Junho.

Ainda sobre o dissídio, o Presidente Getúlio Basílio e o Dir. jurídico Aldenor Carvalho, informaram que em viagem a Brasília no dia 20/06/2017, trataram junto ao escritório Ridel e TST do processo do Dissidio Coletivo da Categoria 2017/2018, processo N. 0010129.49.2017.5.000. Na oportunidade foi tratada  a redistribuição do processo para o Vice Presidente do TST na Secção de Dissídios Coletivos.

Ainda segundo informações do companheiro Aldenor, após a autuação do processo na vice-presidência será marcada audiência de conciliação e julgamento no TST, passando então o processo, após aautuação, a tramitar em caráter de urgência, de acordo com o que foi apurado em contato com a Assessória da vice-presidência (Dr. Rogerio Neiva),

Estiveram integrando também na comitiva o Sindicato da Paraíba-PB e do Rio Grande do Norte.

Título: Metroviários mantém Estado de Greve e decide sobre Greve Geral em Assembleia dia 27/06(terça), Conteúdo: Reunida em Assembleia Geral na última quarta-feira (21), na Estação Central do Recife, a categoria, quanto ao dissidio, decidiu aguardar pela marcação da primeira audiência no TST. Foi mantido o Estado de Greve e marcada nova Assembléia para terça-feira, dia 27 de junho, às 18 horas na Praça da Greve, com objetivo de discutir e deliberar sobre a participação da categoria na Greve Geral do Dia 30 de Junho. Ainda sobre o dissídio, o Presidente Getúlio Basílio e o Dir. jurídico Aldenor Carvalho, informaram que em viagem a Brasília no dia 20/06/2017, trataram junto ao escritório Ridel e TST do processo do Dissidio Coletivo da Categoria 2017/2018, processo N. 0010129.49.2017.5.000. Na oportunidade foi tratada  a redistribuição do processo para o Vice Presidente do TST na Secção de Dissídios Coletivos. Ainda segundo informações do companheiro Aldenor, após a autuação do processo na vice-presidência será marcada audiência de conciliação e julgamento no TST, passando então o processo, após aautuação, a tramitar em caráter de urgência, de acordo com o que foi apurado em contato com a Assessória da vice-presidência (Dr. Rogerio Neiva), Estiveram integrando também na comitiva o Sindicato da Paraíba-PB e do Rio Grande do Norte.



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.