Greve adiada mas a mobilização continua

A base cutista está respondendo muito bem a convocação da greve geral e precisamos aproveitar para ampliar a mobilização.

Escrito por: Assessoria de Imprensa da CUT-PE • Publicado em: 01/12/2017 - 16:52 • Última modificação: 01/12/2017 - 17:01 Escrito por: Assessoria de Imprensa da CUT-PE Publicado em: 01/12/2017 - 16:52 Última modificação: 01/12/2017 - 17:01

Tempus

Companheiros e companheiras:

Como foi divulgado, nacionalmente a greve foi adiada, coincidentemente estava marcada uma reunião das Centrais na sede da CUT-PE. O adiamento da greve estava previsto nacionalmente, caso a votação da reforma da previdência fosse retirada de pauta. Essa retirada da pauta demonstra que os deputados federais estão incomodados com a nossa mobilização.

A base cutista está respondendo muito bem a convocação da greve geral e precisamos aproveitar para ampliar a mobilização. Portanto, devemos encaminhar as atividades deliberadas pela Centrais, a serem realizadas na Região Metropolitana, a saber: 1) Manter o ato do dia 05, concentração a partir das 15h, na Praça da Democracia (Derby); 2) Dia 04, pela manhã: Coletiva à imprensa, 10h, na CUT e; a tarde, 16h: Panfletagens nos locais previstos e com os mesmos responsáveis.

Orientamos nossos sindicatos a manterem os carros-de-som e demais atividades, tanto na Região Metropolitana quanto nas demais Regiões, incluindo os atos previstos para o dia 05de dezembro.

A Greve Geral faremos maior e melhor quando for anunciado o dia da votação no Congresso e isso pode ser a qualquer momento, tanto em dezembro quanto no próximo ano.

Sigamos na luta, no rumo da vitória da classe trabalhadora.

Carlos Veras
Presidente da CUT-PE.

Título: Greve adiada mas a mobilização continua, Conteúdo: Companheiros e companheiras: Como foi divulgado, nacionalmente a greve foi adiada, coincidentemente estava marcada uma reunião das Centrais na sede da CUT-PE. O adiamento da greve estava previsto nacionalmente, caso a votação da reforma da previdência fosse retirada de pauta. Essa retirada da pauta demonstra que os deputados federais estão incomodados com a nossa mobilização. A base cutista está respondendo muito bem a convocação da greve geral e precisamos aproveitar para ampliar a mobilização. Portanto, devemos encaminhar as atividades deliberadas pela Centrais, a serem realizadas na Região Metropolitana, a saber: 1) Manter o ato do dia 05, concentração a partir das 15h, na Praça da Democracia (Derby); 2) Dia 04, pela manhã: Coletiva à imprensa, 10h, na CUT e; a tarde, 16h: Panfletagens nos locais previstos e com os mesmos responsáveis. Orientamos nossos sindicatos a manterem os carros-de-som e demais atividades, tanto na Região Metropolitana quanto nas demais Regiões, incluindo os atos previstos para o dia 05de dezembro. A Greve Geral faremos maior e melhor quando for anunciado o dia da votação no Congresso e isso pode ser a qualquer momento, tanto em dezembro quanto no próximo ano. Sigamos na luta, no rumo da vitória da classe trabalhadora. Carlos Veras Presidente da CUT-PE.



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.