Estão vendendo patrimônio do povo”, denunciou Lula em Ipojuca

O ex-presidente Lula alertou para o aumento do desemprego causado pelos retrocessos de Temer

Escrito por: Clarice Cardoso e Mariana Zoccoli (Agência do PT) • Publicado em: 25/08/2017 - 16:15 • Última modificação: 25/08/2017 - 16:19 Escrito por: Clarice Cardoso e Mariana Zoccoli (Agência do PT) Publicado em: 25/08/2017 - 16:15 Última modificação: 25/08/2017 - 16:19

Ricardo Stuckert

Quando o PT estava no governo Federal, a cidade de Ipojuca passou a ser o segundo PIB do estado de Pernambuco, por conta dos investimentos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na região, em especial no Porto de Suape.

Porém, como o governo usurpador de Michel Temer, todos os avanços estão sendo desmontados. Nesta sexta-feira (25), Lula retornou à cidade com o projeto Lula Pelo Brasil para participar de ato com os trabalhadores do Porto, que estão sentindo na pele os ataques do golpista Michel Temer.

“Antigamente, em qualquer canto desse País, o nordestino tinha orgulho de bater no peito e falar: ‘Eu sou do Nordeste’. A região cresceu mais que as outras do Brasil, às vezes como a China, porque nós acreditamos no desenvolvimento regional e por isso trouxemos a refinaria para Pernambuco, fizemos outra no Ceará, no Maranhão”, afirmou Lula no ato.

O ex-presidente destacou que os investimentos em Suape permitiram que Pernambuco passasse a refinar petróleo, construir navios, o que gerou emprego, renda e qualificação profissional ao povo pernambucano.

“As pessoas que antes cortavam cana, passaram a ser mecânicos, soldadores, trabalhando em Suape”, lembrou.

O líder petista criticou as medidas de privatização do patrimônio nacional feitas por Temer, que visam vender aPetrobras, o BNDES, a Eletrobras.

“Esse governo não deveria ser chamado de governo. Está mercantilizando tudo o que é nosso. E vão querer oferecer aos estrangeiros tudo o que nós fizemos aqui. São incompetentes, não sabem o que fazer com aeconomia, então estão vendendo tudo. Mas o que estão vendendo não é deles, é do povo brasileiro, é nosso patrimônio, construído ao longo de séculos pelo povo brasileiro. Eles querem destruir a Petrobras, porque a Petrobras significa soberania nacional, significa a gente fazer nossa política de desenvolvimento”, ressaltou.

Este é o motivador da caravana que está percorrendo todo o Nordeste. Para mostrar que o Brasil dá certo, que ele sabe como tirar o País da crise e que o povo quer ainda mais qualidade de vida.

“Por isso não estou em casa. O povo pode estudar melhor, comer melhor, morar melhor. Quem aprendeu a andar de avião, não quer voltar a andar de pau de arara.”

Lula recordou que quando assumiu a Presidência, o País estava quebrado.

“O País só começou a melhorar quando incluímos o pobre na economia. Quando ele tinha dinheiro para consumir e fazer a economia girar. Eu tenho uma tese de que muito dinheiro na mão de poucos não vira nada. Dinheiro na mão de muitos gira a economia. Por isso eu digo, se eles não sabem governar, eu sei. Eu já provei que esse país pode ser grande”, declarou.

Lula afirmou, ainda, que acredita que algumas pessoas que bateram panela para derrubar Dilma devem estar arrependidas.

“Devem estar batendo cabeça agora, porque esse governo está destruindo o País”.

“Só tem um jeito de a gente resolver esse problema: é a gente se organizar e se mobilizar para derrotar as reformas desse governo”

A presidenta eleita Dilma Rousseff também participou do ato e chamou de “gravíssimo” o que o governo ilegítimo de Temer vem fazendo no País.

“O petróleo no Brasil, que é uma riqueza do nosso País, está sendo comprometido. Eles querem acabar com o conteúdo local na indústria do petróleo”.

E relembrou que foi em Ipojuca que se iniciou a extração de petróleo em águas profundas.

“Aqui em Ipojuca fizemos uma revolução. Extraímos petróleo de águas profundas. E mais do que isso, refinamos o petróleo e garantimos que esse petróleo que viraria gasolina e óleo diesel viesse de mãos brasileiras, nordestinas, pernambucanas”, afirmou.

O senador pernambucano e líder da Minoria no Senado, Humberto Costa (PT), relembrou os projetos estruturantes que os governos do PT levaram para Pernambuco.

“Esse ato de hoje é talvez o um dos mais importantes da caravana, porque Suape é exemplo claro da prioridade que Lula e Dilma deram a Pernambuco, deram ao desenvolvimento regional e deram à industrialização desse País”.

E criticou os desmontes na área, que têm como consequência o desemprego de milhões.

“Agora, estamos vendo o polo petroquímico, onde a Petrobras investiu R$ 9 bilhões de reais, foi vendido por R$ 1 bilhão, nove vezes menos. O estaleiro chegou a ter milhares de trabalhadores, mas com a política de agora, os estaleiros estão perto de serem fechados, deixando milhares de trabalhadores desempregados, literalmente a ver navios”.

Já o presidente da Federação Única dos Petroleiros, José Maria, afirmou que a Operação Lava Jato está promovendo um desmonte no País.

“A Operação, tem todo direito de investigar quem ela quiser, dando o legítimo direito de defesa àquelas pessoas que foram acusadas, fazendo um julgamento justo. Agora, o que ela não tem direito é de destruir o País como está fazendo, promovendo a queda do PIB. São mais de 3 milhões de trabalhadores desempregados fruto da Operação Lava Jato”

Sobre Pernambuco, Zé Maria destacou que que foram os governos de Lula e Dilma que estalaram a mais nova refinaria desse País, a Refinaria Abreu e Lima.

“Estive aqui na Refinaria Abreu e Lima e é espantoso o abandono em que se encontra. É mata para tudo quanto é lado, portões enferrujados”, lamentou.

Título: Estão vendendo patrimônio do povo”, denunciou Lula em Ipojuca, Conteúdo: Quando o PT estava no governo Federal, a cidade de Ipojuca passou a ser o segundo PIB do estado de Pernambuco, por conta dos investimentos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na região, em especial no Porto de Suape. Porém, como o governo usurpador de Michel Temer, todos os avanços estão sendo desmontados. Nesta sexta-feira (25), Lula retornou à cidade com o projeto Lula Pelo Brasil para participar de ato com os trabalhadores do Porto, que estão sentindo na pele os ataques do golpista Michel Temer. “Antigamente, em qualquer canto desse País, o nordestino tinha orgulho de bater no peito e falar: ‘Eu sou do Nordeste’. A região cresceu mais que as outras do Brasil, às vezes como a China, porque nós acreditamos no desenvolvimento regional e por isso trouxemos a refinaria para Pernambuco, fizemos outra no Ceará, no Maranhão”, afirmou Lula no ato. O ex-presidente destacou que os investimentos em Suape permitiram que Pernambuco passasse a refinar petróleo, construir navios, o que gerou emprego, renda e qualificação profissional ao povo pernambucano. “As pessoas que antes cortavam cana, passaram a ser mecânicos, soldadores, trabalhando em Suape”, lembrou. O líder petista criticou as medidas de privatização do patrimônio nacional feitas por Temer, que visam vender aPetrobras, o BNDES, a Eletrobras. “Esse governo não deveria ser chamado de governo. Está mercantilizando tudo o que é nosso. E vão querer oferecer aos estrangeiros tudo o que nós fizemos aqui. São incompetentes, não sabem o que fazer com aeconomia, então estão vendendo tudo. Mas o que estão vendendo não é deles, é do povo brasileiro, é nosso patrimônio, construído ao longo de séculos pelo povo brasileiro. Eles querem destruir a Petrobras, porque a Petrobras significa soberania nacional, significa a gente fazer nossa política de desenvolvimento”, ressaltou. Este é o motivador da caravana que está percorrendo todo o Nordeste. Para mostrar que o Brasil dá certo, que ele sabe como tirar o País da crise e que o povo quer ainda mais qualidade de vida. “Por isso não estou em casa. O povo pode estudar melhor, comer melhor, morar melhor. Quem aprendeu a andar de avião, não quer voltar a andar de pau de arara.” Lula recordou que quando assumiu a Presidência, o País estava quebrado. “O País só começou a melhorar quando incluímos o pobre na economia. Quando ele tinha dinheiro para consumir e fazer a economia girar. Eu tenho uma tese de que muito dinheiro na mão de poucos não vira nada. Dinheiro na mão de muitos gira a economia. Por isso eu digo, se eles não sabem governar, eu sei. Eu já provei que esse país pode ser grande”, declarou. Lula afirmou, ainda, que acredita que algumas pessoas que bateram panela para derrubar Dilma devem estar arrependidas. “Devem estar batendo cabeça agora, porque esse governo está destruindo o País”. “Só tem um jeito de a gente resolver esse problema: é a gente se organizar e se mobilizar para derrotar as reformas desse governo” A presidenta eleita Dilma Rousseff também participou do ato e chamou de “gravíssimo” o que o governo ilegítimo de Temer vem fazendo no País. “O petróleo no Brasil, que é uma riqueza do nosso País, está sendo comprometido. Eles querem acabar com o conteúdo local na indústria do petróleo”. E relembrou que foi em Ipojuca que se iniciou a extração de petróleo em águas profundas. “Aqui em Ipojuca fizemos uma revolução. Extraímos petróleo de águas profundas. E mais do que isso, refinamos o petróleo e garantimos que esse petróleo que viraria gasolina e óleo diesel viesse de mãos brasileiras, nordestinas, pernambucanas”, afirmou. O senador pernambucano e líder da Minoria no Senado, Humberto Costa (PT), relembrou os projetos estruturantes que os governos do PT levaram para Pernambuco. “Esse ato de hoje é talvez o um dos mais importantes da caravana, porque Suape é exemplo claro da prioridade que Lula e Dilma deram a Pernambuco, deram ao desenvolvimento regional e deram à industrialização desse País”. E criticou os desmontes na área, que têm como consequência o desemprego de milhões. “Agora, estamos vendo o polo petroquímico, onde a Petrobras investiu R$ 9 bilhões de reais, foi vendido por R$ 1 bilhão, nove vezes menos. O estaleiro chegou a ter milhares de trabalhadores, mas com a política de agora, os estaleiros estão perto de serem fechados, deixando milhares de trabalhadores desempregados, literalmente a ver navios”. Já o presidente da Federação Única dos Petroleiros, José Maria, afirmou que a Operação Lava Jato está promovendo um desmonte no País. “A Operação, tem todo direito de investigar quem ela quiser, dando o legítimo direito de defesa àquelas pessoas que foram acusadas, fazendo um julgamento justo. Agora, o que ela não tem direito é de destruir o País como está fazendo, promovendo a queda do PIB. São mais de 3 milhões de trabalhadores desempregados fruto da Operação Lava Jato” Sobre Pernambuco, Zé Maria destacou que que foram os governos de Lula e Dilma que estalaram a mais nova refinaria desse País, a Refinaria Abreu e Lima. “Estive aqui na Refinaria Abreu e Lima e é espantoso o abandono em que se encontra. É mata para tudo quanto é lado, portões enferrujados”, lamentou.



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.