Campanha Nacional 2018 é destaque do VII Encontro dos Bancários do Interior em Arcoverde

Escrito por: SEEC-PE • Publicado em: 30/07/2018 - 10:58 Escrito por: SEEC-PE Publicado em: 30/07/2018 - 10:58

Com o objetivo de debater a pauta que envolve a Campanha Nacional Unificada 2018, bancários do Sertão do Moxotó e regiões próximas estiveram no município de Arcoverde para participar na manhã deste sábado (28) do VII Encontro dos Bancários do Interior, promovido pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco.

 

A agenda segue uma serie de encontros e reuniões com diretores sindicais que vão acontecer por todo Estado. Serra Talhada, no dia 21, foi o primeiro município a receber a caravana.

 

Destacando o contexto dos ataques aos direitos trabalhistas presente nas quatro rodadas de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, ressalta a necessidade da participação da categoria para defender duramente as conquistas da categoria.

 

"As negociações estão acontecendo e o que estamos sentindo é que os bancos só querem deixar o tempo passar. Estamos diante de uma perigosa articulação contra nossa categoria e, caso não estejamos juntos e bem articulados, poderemos perder importantes direitos. Esses encontros no Interior são fundamentais para deixar as bancárias e bancários mais esclarecidos e unidos para uma possível paralisação e, sobretudo, garantir nossos direitos", afirma.

 

A reforma trabalhista pró-classe patronal deixa claro os riscos de perda dos direitos, caso não exista reação de toda categoria. "A expectativa do Comando era fechar um pré-acordo, garantindo a ultratividade que sempre foi assegurada nas campanhas anteriores. Contudo, não foi sinalizado que isso vai acontecer. Por isso a importância de enfrentar esse desmonte juntos. É Todos Por Tudo!", ressalta.

 

O debate aconteceu e girou entre a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), minuta entregue à Fenaban que reivindica a ultratividade, melhores condições de trabalho, aumento real do salário, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), entre outros.

 

A secretária-Geral do Sindicato, Sandra Trajano, relembra inúmeras conquistas arduamente conquistadas e que, a partir do dia 31 de agosto, nada mais estará garantido.

 

"É lamentável toda essa situação. Nossas conquistas são inúmeras, porém, tudo isso pode ficar no esquecimento. Precisamos, mais do que nunca, lutar e ser compartilhador dessa triste realidade. Converse com seu companheiro de trabalho e não permita mais essa injustiça", alerta.

 

A pesquisadora do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Jackeline Natal, que também esteve em Serra Talhada, reforça que a crise passa longe do setor bancário.

 

"É fato que existe uma crise no país, porém ela não chega nem perto dos bancos. Uma das instituições financeiras que mais lucra no mundo está no Brasil, sem falar que entre os dez mais bem colocados no ranking mundial estão outros bancos brasileiros. É inadmissível tanto desmonte", comenta.

 

 

Fonte: SEEC-PE

Título: Campanha Nacional 2018 é destaque do VII Encontro dos Bancários do Interior em Arcoverde, Conteúdo: Com o objetivo de debater a pauta que envolve a Campanha Nacional Unificada 2018, bancários do Sertão do Moxotó e regiões próximas estiveram no município de Arcoverde para participar na manhã deste sábado (28) do VII Encontro dos Bancários do Interior, promovido pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco.   A agenda segue uma serie de encontros e reuniões com diretores sindicais que vão acontecer por todo Estado. Serra Talhada, no dia 21, foi o primeiro município a receber a caravana.   Destacando o contexto dos ataques aos direitos trabalhistas presente nas quatro rodadas de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, ressalta a necessidade da participação da categoria para defender duramente as conquistas da categoria.   As negociações estão acontecendo e o que estamos sentindo é que os bancos só querem deixar o tempo passar. Estamos diante de uma perigosa articulação contra nossa categoria e, caso não estejamos juntos e bem articulados, poderemos perder importantes direitos. Esses encontros no Interior são fundamentais para deixar as bancárias e bancários mais esclarecidos e unidos para uma possível paralisação e, sobretudo, garantir nossos direitos, afirma.   A reforma trabalhista pró-classe patronal deixa claro os riscos de perda dos direitos, caso não exista reação de toda categoria. A expectativa do Comando era fechar um pré-acordo, garantindo a ultratividade que sempre foi assegurada nas campanhas anteriores. Contudo, não foi sinalizado que isso vai acontecer. Por isso a importância de enfrentar esse desmonte juntos. É Todos Por Tudo!, ressalta.   O debate aconteceu e girou entre a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), minuta entregue à Fenaban que reivindica a ultratividade, melhores condições de trabalho, aumento real do salário, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), entre outros.   A secretária-Geral do Sindicato, Sandra Trajano, relembra inúmeras conquistas arduamente conquistadas e que, a partir do dia 31 de agosto, nada mais estará garantido.   É lamentável toda essa situação. Nossas conquistas são inúmeras, porém, tudo isso pode ficar no esquecimento. Precisamos, mais do que nunca, lutar e ser compartilhador dessa triste realidade. Converse com seu companheiro de trabalho e não permita mais essa injustiça, alerta.   A pesquisadora do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Jackeline Natal, que também esteve em Serra Talhada, reforça que a crise passa longe do setor bancário.   É fato que existe uma crise no país, porém ela não chega nem perto dos bancos. Uma das instituições financeiras que mais lucra no mundo está no Brasil, sem falar que entre os dez mais bem colocados no ranking mundial estão outros bancos brasileiros. É inadmissível tanto desmonte, comenta.     Fonte: SEEC-PE



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.