Agências da Previdência Social fechadas contra a reforma da previdência nesta quarta(15)

Servidores farão atos de protesto em todo o estado contra as mudanças previstas pela PEC 2

Escrito por: Sindsprev-PE • Publicado em: 14/03/2017 - 14:41 Escrito por: Sindsprev-PE Publicado em: 14/03/2017 - 14:41

As Agências da Previdência Social (APS) de Pernambuco estarão fechadas nesta quarta-feira em adesão ao Dia Nacional de Paralisação contra a Reforma da Previdência, 15 de março. No estado, os servidores do INSS farão protestos e passeata para pressionar o governo e sensibilizar a população sobre os danos da aprovação da PEC 287. Trabalhadores do Ministério da Saúde também farão um ato público contra o desmonte previsto pela reforma em frente à Geap Autogestão em Saúde, na Praça Chora Menino, na Ilha do Leite, região central do Recife.

A mobilização foi aprovada em assembleia da categoria na última sexta-feira, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social de Pernambuco (Sindsprev-PE). As manifestações denunciam a retirada de direitos que tem sido feita pelo Governo Temer e o fim da aposentadoria com enriquecimento de bancos e incentivo à previdência privada.

A partir das 10h, os servidores farão atos de protesto em frente à Gerência Regional do INSS, na Avenida Mário Melo, em Santo Amaro, e, simultaneamente, em frente à Geap. Em seguida, haverá uma passeata até a Superintendência Regional do INSS, na Avenida Dantas Barreto. Às 12h, os manifestantes vão aderir à mobilização articulada pela Central Única dos Trabalhadores em Pernambuco.

“A proposta de reforma do governo foi feita sem discussão com a sociedade civil e pretende igualar a idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres em 65 anos, além de impor 49 anos de contribuição ininterruptas para o trabalhador conseguir se aposentar. Todos precisam participar destas manifestações, pois temos o dever de desmascarar o governo golpista de Temer e mostrar à sociedade que ela foi enganada”, convocou o coordenador geral do Sindsprev-PE, José Bonifácio do Monte.

Título: Agências da Previdência Social fechadas contra a reforma da previdência nesta quarta(15), Conteúdo: As Agências da Previdência Social (APS) de Pernambuco estarão fechadas nesta quarta-feira em adesão ao Dia Nacional de Paralisação contra a Reforma da Previdência, 15 de março. No estado, os servidores do INSS farão protestos e passeata para pressionar o governo e sensibilizar a população sobre os danos da aprovação da PEC 287. Trabalhadores do Ministério da Saúde também farão um ato público contra o desmonte previsto pela reforma em frente à Geap Autogestão em Saúde, na Praça Chora Menino, na Ilha do Leite, região central do Recife. A mobilização foi aprovada em assembleia da categoria na última sexta-feira, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social de Pernambuco (Sindsprev-PE). As manifestações denunciam a retirada de direitos que tem sido feita pelo Governo Temer e o fim da aposentadoria com enriquecimento de bancos e incentivo à previdência privada. A partir das 10h, os servidores farão atos de protesto em frente à Gerência Regional do INSS, na Avenida Mário Melo, em Santo Amaro, e, simultaneamente, em frente à Geap. Em seguida, haverá uma passeata até a Superintendência Regional do INSS, na Avenida Dantas Barreto. Às 12h, os manifestantes vão aderir à mobilização articulada pela Central Única dos Trabalhadores em Pernambuco. “A proposta de reforma do governo foi feita sem discussão com a sociedade civil e pretende igualar a idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres em 65 anos, além de impor 49 anos de contribuição ininterruptas para o trabalhador conseguir se aposentar. Todos precisam participar destas manifestações, pois temos o dever de desmascarar o governo golpista de Temer e mostrar à sociedade que ela foi enganada”, convocou o coordenador geral do Sindsprev-PE, José Bonifácio do Monte.



Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.