Pelo Acesso e a Qualidade e o Direito à Cidade

Pelo Acesso e a Qualidade e o Direito à Cidade

Escrito por: Paulo de Souza Bezerra Publicado em: 20/01/2016 Publicado em: 20/01/2016

Nos últimos anos a luta pela política pública de Transporte público e de Qualidade e Cidadania, vem sendo pauta dos movimentos de Juventudes, trabalhadores e da população, pois essa política não beneficia só a juventude.

A pauta de mobilidade vem sendo fundamental pois ela é um direito fundamental e universal, precisamos ter uma tarifa justa e barata, pois só assim podemos democratizar o acesso e a livre circulação na cidade.

A luta pela tarifa zero (Passe Livre) só será possível com a inversão da lógica do transporte. O transporte deve ser público coletivo e não privado.

Precisamos lutar pela construção de um novo modelo de transportes na cidade, com controle social, participativa e transparente, muita gestão municipal já vem buscando esse novo modelo, mais falta muito investimento em infraestrutura só assim poderemos proporcionar uma melhor mobilidade para as pessoas.

Junho de 2013, foi um marco na luta pelo um estado que funcione, com pauta que visam as melhoras as condições de vida da população, essas manifestações contrárias ao aumento das tarifas de ônibus, metrô e trens que ocorrem em todo o Brasil são legítimas e carregam bandeiras historicamente ligadas ao campo democrático popular de esquerda.  

O estado precisa dar respostas coerentes às demandas apresentadas pela população, e não reprimir através das PM’s que deveria proteger é a principal agressora e torturadora de quem luta por uma cidade melhor para se viver.

Por fim chamamos os sindicatos do Ramo Químico da CUT e a nossa Confederação (CNQ) para fortalecer as fileiras de luta por uma política de transporte público de qualidade.




Informativo CUT PE

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.